O psicólogo Tim Wilson falou recentemente ao Business Insider sobre pensamentos negativos que ficam martelando nossa mente. Wilson se referiu mais especificamente àqueles que são recorrentes por causa de uma experiência ruim que nos marcou por algum motivo, ainda que ela já tenha acontecido há muito tempo.

De acordo com o especialista, algumas experiências passadas nos impedem de encontrar equilíbrio no momento presente, por isso é fundamental aprender a lidar com elas.

Ele explica que uma forma bastante eficiente de acabar com esses pensamentos negativos que nos puxam para baixo é fazer um exercício de escrita relativamente simples, embora pareça complicado.

Papel e caneta

Fonte da Imagem: Giphy

Basicamente, durante três dias, tudo o que você precisa fazer é escrever, ao longo de 15 minutos, em um pedaço de papel, quais são esses pensamentos negativos que perturbam a sua vida e por que eles continuam martelando em sua mente sem parar. Esse exercício foi desenvolvido pelo psicólogo James Pennebaker e já tem sua eficácia comprovada.

Pode parecer um exercício torturante – e a gente sabe que mexer na ferida não é necessariamente a coisa mais divertida do mundo –, mas é importante que você se mantenha firme, ainda que se sinta um pouco mal durante esses 15 minutos diários, e que permaneça profundamente focado nesses pensamentos que fazem mal a você.

Não importa se a sua escrita sair meio desconexa no início – o que está em jogo não são habilidades literárias. O fato é que, depois de três dias do mesmo exercício, as pessoas tendem a enxergar esse evento negativo de outra maneira e o compreendem melhor também, o que faz com que elas parem de pensar nele com tanta frequência.

Como resultado, essas pessoas têm até mesmo melhora em seus sistemas imunológicos. E aí, será que não está na hora de você tentar esse exercício também?