Um bebê de um ano quase foi atropelado por carro na garagem da residência da família, em Manaus. Imagens da câmera de segurança instalada na casa mostram o momento em que o menino engatinha em direção ao veículo sem ser percebido. O motorista dá marcha a ré e o carro chega a passar por cima da criança. Apesar do susto, o menino teve apenas ferimentos leves. O caso ocorreu no domingo (20) e as imagens do incidente estão repercutindo na internet.
   As imagens mostram que o caso ocorreu por volta de 17h45. O padrasto do menino, um dentista de 24 anos, era quem dirigia o carro, modelo Fiat Linea. Além dele, estavam no veículo a mãe do menino, de 19 anos, e outra criança.
   A avó materna da criança, Cleudimar Medeiros, de 47 anos, informou ao G1 que a família havia acabado de chegar em casa, no bairro Alfredo Nascimento, na Zona Leste, depois de passar o dia em um balneário. “Meia hora antes nós tínhamos tirado tudo do carro. Eu estava fazendo o jantar. Como minha sobrinha estava com o rosto inchado, eu pedi que a mãe dele [bebê] e o namorado levassem a menina ao médico para verificar se ela estava com caxumba [também conhecida como papeira]”, relatou a empresária.


   Segundo a mulher, o menino brincava em um dos cantos da garagem momentos antes do incidente. “Quatro pessoas moram aqui em casa e a gente sempre pensa que alguém está cuidando dele, por isso não percebemos quando ele engatinhou”, disse.
   A empresária contou que vizinhos que brincavam de futebol na rua da casa ouviram os gritos do garoto e avisaram a família. “Dois garotos que passavam avisaram e todos desceram do carro para acudir meu neto”, disse.
   O menino foi retirado de debaixo do carro por um dos vizinhos que passavam pelo local. De acordo com Cleudimar, a criança não precisou ser levada ao médico. “Ele teve somente uma queimadura leve na orelha e no ombro porque o motor do carro ainda estava quente do passeio, mas dormiu bem e está tranquilo”, disse. Após o incidente, a família resolveu ver a câmera para saber como a criança havia chegado até o veículo.
   O menino é o único neto da empresária, que afirmou estar aliviada. “Já agradeci muito a Deus por ter protegido a vida do meu neto. Ele, com certeza, tem um anjinho da guarda. Ele começou a caminhar há cerca de um mês e a gente estava comentando que se ele já estivesse andando, o fim poderia ser o pior. Nessa hora o senhor [Jesus] botou a mão dele”, disse.
   Não deixe de compartilhar com seus amigos no botão abaixo!

Compartilhar no Facebook

Quer mais coisas como essa?
Nós gostamos de compartilhar histórias como essa no Facebook.
Clique em curtir abaixo e comprove.

Você gostou desse artigo?

Então, digite seu email abaixo para receber mais artigos como esse em seu email Totalmente GRÁTIS !